Mais de 90% dos SPAMS carregam tentativas de golpes

Mais de 70% dos 100 websites mais populares da internet hospedam
conteúdos maliciosos ou iscas contaminadas, que servem para atrair
usuários desatentos para sites maliciosos, o que revela um crescimento
de 16% em seis meses, revela o relatório da Websense sobre segurança
na Internet nesta quinta-feira (05/03).

No segundo semestre de 2008, 77% dos sites classificados como
maliciosos pela Websense foram sites aparentemente de “boa” reputação,
que foram comprometidos por crackers. No primeiro semestre de 2008, o
índice era de 75%.

E-mails indesejados aliados a sites maliciosos são os veículos mais
usados para tentativas de golpes. O relatório mostra que 90,4% de
todos os e-mails indesejados que circularam no segundo semestre de
2008, continham links para sites de spam e/ou websites maliciosos – 6%
de aumento nos e-mails que contêm links maliciosos para sites
comprometidos, em relação ao primeiro semestre de 2008.

De 1º de janeiro de 2008 até o mesmo período de 2009, houve um
crescimento de 46% nos sites maliciosos identificados pela Websense
Security Labs, destaca a pesquisa. De acordo com o laboratório, 39%
dos ataques maliciosos na web têm o intuito de roubar dados e senhas.

Na lista de 100 sites mais populares, baseada no ranking do Alexa,
predominam buscadores, redes sociais e outros sites de Web 2.0,
segundo a Websense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: