Uilliam vence prova e é eleito Anjo da semana

Uilliam é anjo da semana e castiga Fernanda e Michel

Os participantes do BBB10, da Globo, se reuniram no jardim da casa, nesta sexta-feira (22), para realizar mais uma Prova do Anjo. A disputa consistia em acertar bolas numa minicesta de basquete.

Quem levou a melhor foi Uillianm, que marcou dois pontos na prova e se tornou o anjo da semana.

Como todo anjo, o rapaz também teve que mostrar seu lado monstro. Uilliam escolheu Fernanda e Michel para se vestirem de sapo, a semana inteira, e ficar pulando em volta de uma lagoa, toda vez que der uma trovoada na casa.

Anúncios

Na Copa, Brasil terá 60 milhões de acessos de banda larga móvel

 

Em 2014, ano em que a Copa do Mundo será realizada no Brasil, o país terá 60 milhões de acessos de banda larga móvel, o dobro do total previsto para a fixa. Atualmente, o país possui 6,1 milhões de acessos e 3,7 milhões de acessos de aparelhos. As informações foram divulgadas hoje (30/11), em São Paulo na apresentação do Balanço Huawei da Banda Larga Móvel do 3º trimestre/09, em parceria com a Teleco.

Esse serviço é o que mais cresce no Brasil, com 300 mil novos terminais habilitados por mês e 900 mil no 3º trimestre, cerca de 21% a mais do que no 2º trimestre. Mas, o país ainda possui uma carência no setor de banda larga, que ainda está abaixo dos padrões de densidades/ acessos mundiais, enquanto o uso de telefones fixos, celulares e internet já superam os números ao redor do mundo.

O serviço está crescendo no Brasil e 60 novos municípios passaram a contar com a tecnologia no 3º trimestre, que agora abrange 63,9% da população e 12,4% dos municípios. A estimativa é de que em 2013, a cobertura chegue a 69% das pessoas e a 19% das localidades.

A região onde o serviço mais cresceu foi o Nordeste, que chegou a 50,7% da população.  A maior cobertura ainda está no Sudeste com 76,8%, seguido pelo Centro-Oeste com 67,4%, Sul com 59,4% e o Norte permaneceu no final com 47,1%.

O Rio de Janeiro ainda lidera na cobertura com 45,6%, em seguida estão: Espírito Santo com 30,8%, Ceará com 22,8%, Pernambuco com 22,7% e São Paulo com 20,9%. Entre os municípios com mais de 50 mil habitantes, 82,5% já possuem cobertura, nos locais com mais de 500 mil, o percentual chega a 99,1%. Mas, a grande dificuldade está nas cidades que possuem até 50 mil habitantes, onde a cobertura é de apenas 10,4%.

Já em 2011, o serviço móvel deve chegar a 20 milhões de acessos, ultrapassando a fixa que terá 17 milhões. Em outubro, a principal ferramenta de acesso à banda larga móvel foram os celulares 3G com 3,7%.

Operadoras

As operadoras de telefonia móvel também marcaram presença no evento, Elisiário Dias, representante da TIM, Roberto Guenzburger da Oi e Fiamma Zafire da Claro e falaram sobre o atual mercado de banda larga móvel e suas possibilidades de crescimento.

Um dos grandes problemas apontados por usuários do serviço de banda larga móvel é a velocidade dos planos contratados. Muitas pessoas possuem um serviço de 1MB e só conseguem utilizar 10% ou 20% dessa capacidade, gerando milhares de reclamações no Brasil. “Existe uma diferença entre a velocidade comprada e a oferecida, devido a fatores que não são previsíveis como a distância e a topografia”, afirmou Fiamma.

Todos foram unânimes ao comentar a alta taxa de impostos que as empresas precisam pagar e que isso aumenta os valores cobrados do cliente. Entre as formas de cobrança do uso do serviço, a grande novidade no futuro pode ser o pagamento pelo quanto a banda larga é utilizada.

Segundo as operadoras, não é justo que uma pessoa que utiliza o serviço para ver emails e ler notícias do dia-a-dia não deve pagar o mesmo que um heavy user, que baixa vídeos, utiliza o youtube e outras funcionalidades. Cerca de 20% dos clientes utilizam quase 80% da rede.

Mas, todas afirmaram que o grande desafio é aumentar a qualidade dos serviços já oferecidos e não aumentar o número de cidades que terão o produto.

Por Pâmela Nunes

Rifa do Burro Morto

Pessoal, é com histórias assim que contamos o que acontece aqui no nosso Brasil… E o povo…ora bolas … quem liga para o povo?
Certa vez quatro meninos foram ao campo e, por 100 reais, compraram o burro de um velho camponês.

O homem combinou entregar-lhes o animal no dia seguinte. Mas quando eles voltaram para levar o burro, o camponês lhes disse:

– Sinto muito, amigos, mas tenho uma má notícia. O burro morreu.

– Então devolva-nos o dinheiro!

– Não posso, já gastei todo.
– Então, de qualquer forma, queremos o burro.

– E para que o querem? O que vão fazer com ele?

– Nós vamos rifá-lo.

– Estão loucos? Como vão rifar um burro morto?

– Obviamente, não vamos dizer a ninguém que ele está morto.

Um mês depois, o camponês se encontrou novamente com os quatro garotos e lhes perguntou:

– E então, o que aconteceu com o burro?

– Como lhe dissemos, o rifamos. Vendemos 500 números a 2 reais cada um e arrecadamos 1.000 reais.

– E ninguém se queixou?

– Só o ganhador. Porém lhe devolvemos os 2 reais e ficou tudo resolvido.

Os quatro meninos cresceram e fundaram um banco chamado Opportunity, um outro Banco chamado Marka, uma igreja chamada Universal e o último tornou-se Ministro do Supremo Tribunal Federal.

O quinto irmão, o mais velho, que vivia no Maranhão e não estava na rifa, soube da história e, também, resolveu ganhar dinheiro. Dedicou-se a política, chegou a presidencia da república e hoje é o presidente do Senado e, até hoje, enrola a população tratando-os como ganhadores do burro morto.

Caso todos reclamem, pode até entregar o cargo, mas nunca devolverá o todo que lesou do povo.